X
X
<svg class="herion-back-to-top"><g><line x2="227.62" y1="31.28" y2="31.28"></line><polyline points="222.62 25.78 228.12 31.28 222.62 36.78"></polyline><circle cx="224.67" cy="30.94" r="30.5" transform="rotate(180 224.67 30.94) scale(1, -1) translate(0, -61)"></circle></g></svg>
luca argel

Samba

Samba de Guerrilha ganha espaço no Portugal Rebelde

O Site Portugal Rebelde antecipa o lançamento de Samba de Guerrilha. E enquanto o novo álbum de Luca Argel não chega, a publicação destacou o seu formato digital.

Sobretudo a novidade sobre o formato do álbum, que em vez de um suporte físico, como CD ou vinil, é editado em forma de jornal ilustrado. Samba de Guerrilha também está disponível em plataformas digitais.

Veja a matéria na íntegra

luca argel-boteco da forum

Luca Argel participa do ‘Boteco da Fórum’

Luca Argel_Boteco da Forum

Luca Argel participa do programa musical Boteco da Fórum, que vai ao ar no dia 31 de janeiro de 2021.

Veja a entrevista de Luca no Boteco da Fórum

 

Samba exaltação

Além disso, Samba de Guerrilha também recebeu destaque no site da Revista Fórum. O disco, lançado em fevereiro, é sobretudo feito com sambas que falam sobre resistências.

Clique e leia a matéria na íntegra

Vale ressaltar que os singles Almirante Negro e Pesadelo fazem parte do projeto.

Por fim, o jornalista Julinho Bittencourt destaca que o cantor tem um ‘olhar arguto sobre o nosso país, seus ritmos, alegrias e mazelas’.

Imperdível!

Luca Argel_Correio da Manhã

Luca Argel: O embaixador involuntário do samba em Portugal

Luca Argel - Correio da Manhã

Luca Argel foi promovido pelo jornal ‘Correio da Manhã’ a embaixador do samba.

Na entrevista, ao repórter Affonso Nunes destaca a difusão da música popular brasileira em Portugal. Em suma, Luca conta como a fixação de moradia no Porto fez aflorar seu interesse pelo samba e suas histórias.

O cantor, que é carioca, foi morar no Porto, há oito anos para estudar e de lá nunca mais saiu. Ao contrário: enraizou-se na cidade e integra hoje os grupos Samba Sem Fronteiras e Orquestra Bamba Social.

“Aqui há muita curiosidade dos portugueses pela música brasileira, e pelo samba em particular. Isso fez com que eu me aprofundasse mais no gênero”, explica.

Dessa forma, além dos trabalhos em conjunto com os grupos de samba, construiu uma carreira solo, que já rendeu três álbuns.

Samba de Guerrilha

Na entrevista Luca também fala sobre os dois últimos singles lançados. Almirante Negro (O Mestre Sala dos Mares) e Pesadelo já estão disponíveis em todas plataformas streaming. As músicas fazem parte do novo trabalho Samba de Guerrilha, lançado em fevereiro de 2021.

“O samba é, desde suas origens, um canto de resistência. Para explicar melhor aos portugueses seu significado para nós, montei um espetáculo com canções que contam não só a história do gênero, mas também a história brasileira e as lutas de nosso povo”, explica.

Samba de Guerrilha

Rádio 3 define Samba de Guerrilha como ‘samba ópera ilustrado’

Samba de Guerrilha

Samba de Guerrilha chamou a atenção do programa Domínio Público, da Rádio 3.

Tanto que Luca Argel esteve ‘presente’ duas vezes na atração. Primeiramente Daniel Belo citou o álbum numa citação como “um conceito de samba ópera”.

Ouça a citação ao Samba de Guerrilha

Logo depois, no dia 15 de janeiro de 2021, o próprio cantautor falou sobre o álbum numa entrevista ao vivo à rádio.

Na ocasião, o single Pesadelo recebeu destaque e rendeu um papo revelador.

“O tema foi adotado por uma guerrilha que aconteceu no Brasil na década de 70 e por isso foi proibido de tocar nas rádios pela ditadura militar. Histórias como essa em que o samba esteve presente são os ingredientes do meu próximo álbum”, explica o Luca.

Clique aqui e ouça a entrevista

Samba em família!

Luca Argel e a mãe Filomena Chiradia
Crédito: Leonardo Negrão / Global Imagens

Luca Argel e a mãe, Filomena Chiaradia, foram os convidados do programa “Uma questão de ADN”. O encontrou foi exibido no dia 15 de novembro de 2020,  na TSF Rádio, em Portugal.

A conversa fluiu descontraída com muitas revelações e samba, claro! Mãe e filho, por exemplo, estudaram no mesmo colégio, na mesma Universidade (a Unirio). Eles, inclusive, frequentaram o mesmo campus juntos. Luca na licenciatura, a mãe no doutorado em Artes Cênicas. Filomena Chiaradia, chegou a fazer aulas de canto, e numa prova preparou até uma das músicas do filho. 

Depois disso, cada um seguiu o seu caminho, mas…

Percebe-se que muito do gosto apurado de Luca por bons compositores (composições) e músicas tem o porque do DNA (e influencia) de Filomena!

Clique e confira a entrevista na íntegra
Luca Argel e a mãe Filomena Chiaradia
Luca Argel e Filomena Chiaradia (Crédito: Divulgação e Leonardo Negrão / Global Imagens)
Similaridades

Luca Argel nasceu no Rio de Janeiro, mas descobriu o samba no Porto. Brasileiro da Tijuca é mestre de Literatura e sambista de convicção. Durante o papo – com sotaques misturados – ele tocou violão enquanto a mãe contava saborosas curiosidades. Atualmente, Filomena Chiaradia Lisboa viaja pelo acervo fotográfico de José Marques, adquirido pelo Teatro Nacional Dona Maria II, num projeto chamado Rossio.

Já o filho – que há oito anos vive em Portugal – se prepara para lançar em 2021 o álbum Samba de Guerrilha. O clipe do primeiro single ‘Almirante Negro‘ já foi lançado!  Sobretudo nele, Luca faz uma releitura do clássico ‘Mestre Sala dos Mares’, obra prima do saudoso Aldir Blanc e João Bosco.