X
X
<svg class="herion-back-to-top"><g><line x2="227.62" y1="31.28" y2="31.28"></line><polyline points="222.62 25.78 228.12 31.28 222.62 36.78"></polyline><circle cx="224.67" cy="30.94" r="30.5" transform="rotate(180 224.67 30.94) scale(1, -1) translate(0, -61)"></circle></g></svg>
luca argel

simbiose

Samba de Guerrilha_Sopa Cultural

Luca Argel diz: “O Samba não é só o lado festivo”

Samba de Guerrilha _ Sopa Cultural
Reprodução

Samba de Guerrilha é muito mais do que um disco: junta música, ilustração, narração, poesia. E vem com todo o estofo que o samba pode dar a um álbum que pretende contar a sua história. Assim, o mais novo álbum de Luca Argel, que falou ao Sopa Cultural.

“A ideia é contar uma história, que tem narração em uma linha do tempo. Daí a proposta de editar um jornal e não um álbum de CD, porque assim a gente dá mais visibilidade ao texto, à história e possibilita às pessoas acompanharem tudo com mais detalhes”, explica o cantautor.

Samba de Guerrilha tem participações especiais da rapper portuguesa Telma Tvon, nas narrações, do ator e cantor Átila Bee na faixa Almirante Negro (O Mestre Sala dos Mares), os rappers Vinicius Terra em Virada, e Frankão (a.k.a. O Gringo Sou Eu), no arranjo de Vá Cuidar da Sua Vida. Carlos César está nas percussões do Direito de Sambar, clássico de Batatinha, e a cantora Karla da Silva faz em Uma História Diferente.

Clique aqui e confira a matéria na íntegra

Trabalho histórico

Samba de Guerrilha é, sobretudo, um trabalho de pesquisa. Luca faz um grande ‘apanhado’ de grandes clássicos do samba que contam parte da história do Brasil.

CLIQUE E COMPRE SAMBA DE GUERRILHA

Luca Argel_Sem Censura

TV Cultura em Belém do Pará destaca o trabalho de Luca Argel

Luca Argel _ TV Cultura
Reprodução

O cantor e compositor Luca Argel foi o entrevistado do programa Sem Censura, da TV Cultura, em Belém do Pará. Durante a conversa com a apresentadora Vanessa Vasconcellos, Luca contou como é levar a música brasileira para Portugal. Falou sobre o início da caminhada com o grupo Samba Sem Fronteiras e, sobretudo, como construiu, aos poucos, sua carreira solo.

Luca Argel _ TV Cultura
Reprodução

“No início tocava mais o repertório tradicional do samba, dos compositores de samba antigos que a gente admira e com o tempo a gente foi adicionando, nas nossas rodas, as nossas próprias composições. E depois acabei fazendo a mesma coisa no meu trabalho solo”, explicou Luca Argel.

“Até esse ano de 2021, meu trabalho solo era totalmente autoral. E esse ano eu lanço meu primeiro álbum com versões de sambas que eu gosto muito e para os quais escrevi arranjos diferentes”.

Samba de Guerrilha conta a história política do samba, falando sobre preconceito que sofreu desde a época da escravidão, até se firmar como um elemento importante de identidade nacional na cultura brasileira. As músicas ilustram o formato de show que transformou-se no álbum.

CLIQUE, OUÇA E COMPRE SAMBA DE GUERRILHA

Veja abaixo a íntegra da entrevista

Enfim… A história!

A princípio criado para ser um show, o repertório de Samba de Guerrilha ganhou novos rumos!

Lançado no último mês de fevereiro, o álbum conceitual de regravações está disponível nas plataformas online e, fisicamente, em formato de jornal. Além disso, traz saborosos clássicos do samba em uma narrativa com arranjos reinventados, eletrificados e suingados.

Samba de Guerrilha é, sobretudo, um trabalho de pesquisa. Luca faz um grande ‘apanhado’ de grandes clássicos do samba que contam parte da história do Brasil. A princípio, o repertório foi criado apenas para um show. Mas, na verdade, isso apenas se transformou num ‘insight’ para o nascimento de uma obra histórica.

A edição dos textos e letras do Jornal Samba de Guerrilha – com ilustrações de José Feitor -, inclui código para download do álbum completo.

COMPRE E OUÇA SAMBA DE GUERRILHA

Luca Argel canta os sambas de guerrilha

Samba de Guerrilha - Blog Caixa de CD
Reprodução

Samba de Guerrilha ganha resenha elogiosa no Blog Na Caixa de CD. Em conversa com o jornalista Affonso Nunes, o cantor e compositor Luca Argel fala sobre como nasceu seu interesse pela construção de um álbum narrado e cantado. Foi a curiosidade dos portugueses pelo gênero musical que fez com que ele se aproximasse cada vez mais do samba.

Samba de Guerrilha é o quarto álbum de Luca e, além de música e poesia, leva ao público ilustrações em um jornal colorido formato standard.

Clique aqui e veja a íntegra da matéria

Enfim… A história!

A princípio criado para ser um show, o repertório de Samba de Guerrilha ganhou novos rumos!

Lançado no último mês de fevereiro, o álbum conceitual de regravações está disponível nas plataformas online e, fisicamente, em formato de jornal. Além disso, traz saborosos clássicos do samba em uma narrativa com arranjos reinventados, eletrificados e suingados.

Samba de Guerrilha é, sobretudo, um trabalho de pesquisa. Luca faz um grande ‘apanhado’ de grandes clássicos do samba que contam parte da história do Brasil. A princípio, o repertório foi criado apenas para um show. Mas, na verdade, isso apenas se transformou num ‘insight’ para o nascimento de uma obra histórica.

A edição dos textos e letras do Jornal Samba de Guerrilha – com ilustrações de José Feitor -, inclui código para download do álbum completo.

COMPRE E OUÇA SAMBA DE GUERRILHA

pesadelo

Jornal no MT destaca gravação do hino da Guerrilha do Araguaia

Pesadelo _ Estadão Mato Grosso
Reprodução

O lançamento de Pesadelo, canção de Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro, foi tema de matéria no jornal O Estado do Mato Grosso. A música ficou conhecida como o hino da Guerrilha do Araguaia, porque era uma das canções que os militantes do movimento de resistência contra a ditadura militar cantavam, enquanto descansavam.

A Guerrilha, ocorrida no fim da década de 60 e primeira metade da década de 70, tinha por objetivo uma revolução socialista no campo, seguindo experiências da China e de Cuba. Aconteceu na Região Amazônica, às margens do Rio Araguaia, que banha os estados do Mato Grosso, Goiás, Tocantins e Pará.

Veja o clique de Pesadelo

No videoclipe, a música, na voz de Luca, recebe novo arranjo e é a trilha para os personagens que têm um jeito especial de se comunicar e identificar na multidão. O código proposto no clipe, inclusive, ganhou a adesão dos fãs, que postaram vários vídeos no Instagram repetindo os gestos.

Clique aqui e leia a íntegra da matéria

Enfim… A História do Samba!

Samba de Guerrilha será lançado em fevereiro e traz regravações de grandes clássicos do samba. E o mote do novo trabalho de Luca Argel é, sobretudo, o samba. Na verdade, ele é o personagem que conduz toda narrativa do disco. O ritmo é apresentado como um elemento de resistência, de registro histórico, e como um fio que conecta várias culturas existentes no Brasil.

Primeiramente, Luca lançou o single Almirante Negro, uma regravação do clássico composto por Aldir Blanc e João Bosco.  A música e o clipe foram lançados no dia 22 de novembro, dia em que se comemora os 110 anos da Revolta da Chibata. Agora é Pesadelo que é apresentada ao público antes do trabalho ser lançado por completo!

A princípio lançado faixa por faixa, o álbum já começa a ganhar mundo! Além disso, tem chamado atenção da crítica especializada. Enfim… Agora é só aguardar a chegada desse novo trabalho inspirado e inspirador do brasileiro radicado em Portugal!

CLIQUE, OUÇA E COMPRE SAMBA DE GUERRILHA

Pesadelo _ Blog do Thame

Blog da Bahia dá destaque ao single ‘Pesadelo’

Pesadelo _ Luca Argel
Reprodução

A  música Pesadelo é destaque no blog Daniel Thame. Em breve, o cantautor lança esta e mais faixas em Samba de Guerrilha, que conta a história do Brasil de acordo com a ótica do samba. A faixa Pesadelo, além de ganhar um arranjo diferenciado, também ganha videoclipe com direção da cineasta Bea Saiáns e foi gravado inteiramente na Galícia (Espanha).

Clique aqui e leia a íntegra da matéria

O novo clipe mostra os códigos secretos que um grupo de participantes utiliza para se comunicar e identificar na multidão. O álbum completo estará disponível em fevereiro.

ASSISTA ABAIXO O CLIPE DE PESADELO

Enfim… A História do Samba!

Samba de Guerrilha será lançado em fevereiro e traz regravações de grandes clássicos do samba. E o mote do novo trabalho de Luca Argel é, sobretudo, o samba. Na verdade, ele é o personagem que conduz toda narrativa do disco. O ritmo é apresentado como um elemento de resistência, de registro histórico, e como um fio que conecta várias culturas existentes no Brasil.

Primeiramente, Luca lançou o single Almirante Negro, uma regravação do clássico composto por Aldir Blanc e João Bosco.  A música e o clipe foram lançados no dia 22 de novembro, dia em que se comemora os 110 anos da Revolta da Chibata. Agora é Pesadelo que é apresentada ao público antes do trabalho ser lançado por completo!

A princípio lançado faixa por faixa, o álbum já começa a ganhar mundo! Além disso, tem chamado atenção da crítica especializada. Enfim… Agora é só aguardar a chegada desse novo trabalho inspirado e inspirador do brasileiro radicado em Portugal!

CLIQUE, OUÇA E COMPRE SAMBA DE GUERRILHA

De Frente com Fabi: uma reunião de velhos amigos

 De Frente com Fabi com a participação de Luca Argel, no canal Papo de Música, é, praticamente, um reencontro.

Amigos desde os tempos em que Luca Argel ainda morava no Brasil, o cantor e a apresentadora Fabiane Pereira começaram a entrevista falando sobre as diferenças de temperatura entre Brasil e Portugal e os artifícios para a redaptação do brasileiro à nova realidade.

A conversa em De Frente com Gabi seguiu, divertida, com as histórias de Luca sobre a paixão pela música, sobre os álbuns já lançados e o Samba de Guerrilha, previsto para fevereiro de 2021. Luca também falou sobre como é estar fora do seu país de origem : “Olhar o país de fora dá muitos insights pra gente”.

Clique aqui e veja a íntegra da entrevista

Enfim… A história!

A princípio criado para ser um show, o repertório de Samba de Guerrilha ganhou novos rumos!

Lançado no último mês de fevereiro, o álbum conceitual de regravações está disponível nas plataformas online e, fisicamente, em formato de jornal. Além disso, traz saborosos clássicos do samba em uma narrativa com arranjos reinventados, eletrificados e suingados.

Samba de Guerrilha é, sobretudo, um trabalho de pesquisa. Luca faz um grande ‘apanhado’ de grandes clássicos do samba que contam parte da história do Brasil. A princípio, o repertório foi criado apenas para um show. Mas, na verdade, isso apenas se transformou num ‘insight’ para o nascimento de uma obra histórica.

A edição dos textos e letras do Jornal Samba de Guerrilha – com ilustrações de José Feitor -, inclui código para download do álbum completo.

COMPRE E OUÇA SAMBA DE GUERRILHA